MIGUEL ARAÚJO LANÇA SINGLE “CANÇÕES DA RÁDIO”

MIGUEL ARAÚJO LANÇA SINGLE “CANÇÕES DA RÁDIO”

Miguel Araújo lança "Canções de Rádio" que junta Tim, Rui Reininho e Rui Pregal da Cunha. Depois dos singles "Talvez se eu Dançasse", "Dia da Procissão", "Chama por Mim", "Dança de um Dia Normal", "Karma Kamikaze" e "Lá Vai Sofia" é a vez de "Canções da Rádio", o sétimo single a ser extraído do último álbum de originais "Chá Lá Lá", que vem acompanhado de um visualizer que conta com animação de Lacortei, já disponível no canal de YouTube do artista.
“Esta música já está feita há uns anos, julgo que na era “Crónicas da Cidade Grande”. Foi ficando de lado, por não encaixar conceptualmente em nenhum dos discos que fui lançando entretanto. Tem vindo a ser gravada, re-gravada e re-escrita desde então. De tão simples, foi-me criando sempre complicações. É uma música que fala da importância das canções românticas na nossa história afectiva. Aquelas canções que, de tanto tocarem na rádio, quase nos esquecemos de que elas chegaram a não existir. Carregam frases simples, de amor, mantras, evangelhos breves que vão juntando casais, mitigando as dores das separações, embalando lágrimas em almofadas, cortes de bolos de noivas. Continua a ser um grande mistério: ondas, frequências, palavras, esse poder avassalador.

No refrão desta minha música importei algumas dessas frases. Variações (vem, que amor), Xutos (quero-te tanto, ai o que já chorei por ti), GNR (não há leis para te prender, em câmara lenta como na tv), Heróis do Mar (só gosto de ti, porquê, não sei). Mais do que pedir licença, convidei os próprios a re-gravar as frases, cingindo-as às ligeiras modificações que esta melodia exigia. Não existem palavras para expressar a minha gratidão para com o Rui Reininho, o Tim e o Rui Pregal da Cunha por terem alinhado nisto.

Quando ouvi o resultado final, comovi-me. Acho que, ao participarem, significa que autorizam o pastiche. (Continuo sem perguntar se podia citar as frases, mas presumo que quem canta, consente.) Agradeço também ao @la.cort.tei pela bela animação que serve de visualizer/lyric-video. Ficou bonito, julgo que capta a essência do lamento do narrador, que espera que a sua amada esteja a ouvir as mesmas canções que ele, na mesma altura, na mesma sintonia. Adoro o búzio a captar o som das ondas (hertzianas). 
Espero que ouçam esta Canções da Rádio! Saravá!”


  Miguel Araújo