Protest & Survive

Os discíplos de Rage Against The Machine que os fazem felizes, por perceber que a sua "religião" está tão bem representada em terras de D. Afonso Henriques!

Domingo à tarde, dia de clássico no Estádio do Dragão (F.C.Porto vs Boavista F.C.). Véspera de feriado nacional (Dia do Trabalhador) e o último dia da convenção de tatuadores no Multiusos de Gondomar. Por entre as mais variadas barraquinhas, deambulavam amantes e entusiastas da decoração corporal. Uns viam, outros tatuavam. Outros sonhavam com o dia em que fariam a primeira tatuagem, enquanto iam perdendo a coragem que traziam ao entrar no recinto.

Ao longe, num dos topos do pavilhão, estava o palco montado para uma atuação, … diferente. Protest & Survive são uma banda do Porto que se pauta pela pureza do rock. Com uma sonoridade que faz lembrar Rage Against the Machine e um outfit digno de Mad Max, passam uma mensagem forte na língua de Camões. Temas como Segura, Felina, Ninja Sound e Põe-te a Prumo foram ecoados num espaço composto de público. Uns não puderam assistir porque estavam a ser tatuados; alguns outros estavam de headphones, concentrados do concurso de tatuagens. Certo é que, quem por lá andava, não deixou de esperitar a atuação de Fábio Alves e C.ª.

Protest & Survive, um grupo que dará cartas num futuro próximo. A fotorreportagem:

Galeria completa também no

PUB

GOSTOU? PARTILHE...

Partilhe no Facebook
Share on Twitter
Partilhe no Linkdin
Partilhe no Pinterest

deixe um comentário