Rui Reininho apresenta filme-concerto inédito no Family Film Project

Rui Reininho apresenta filme-concerto inédito no Family Film Project

Na sua 10.ª edição, o Family Film Project desafiou o músico Rui Reininho a trabalhar numa banda sonora original para The Shape of Things to Come, uma seleção de filmes amadores produzida pelo arquivo italiano Home Movies. O filme-concerto, coprodução com o Coliseu Porto Ageas, estreia a 13 de outubro, às 21h30. Os bilhetes já estão à venda.

Em palco, Rui Reininho irá juntar-se a Alexandre Soares (e a outros convidados surpresa) para musicar, ao vivo, uma seleção amadora de ficção científica / terror com filmes feitos por Rob Niosi e amigos, em meados dos anos 60, nos subúrbios de Nova Iorque. Apesar de partir da formação experimental do novo disco 20.000 Éguas Submarinas, neste concerto será apresentada uma banda sonora criada especialmente para o imaginário de The Shape of Things to Come.

Os autores deste filme eram apenas crianças quando começaram a filmar, como uma brincadeira, com câmaras domésticas da família, explorando inúmeros géneros de cinema – terror, gore, ficção científica – e técnicas de animação, artifícios, ângulos baixos e efeitos visuais. Esta seleção inclui excertos de filmes inacabados realizados pelo grupo de jovens experimentalistas recuperados, por acaso, durante uma viagem a Nova Iorque. Encontram-se também duas preciosidades: The History of the American Negro, a história do folclore dos escravos negros a Malcom X, e Empire, uma curta-metragem irreverente e rebelde que aborda o símbolo do poder americano. 

Mais tarde, alguns desses jovens tornam-se artistas: Rob Niosi, por exemplo, dedicou-se a filmes de animação, publicidade e à realização de videoclipes com Peter Gabriel. A obsessão de Niosi por H. G. Wells permaneceu intacta desde criança e materializou-se num projeto de vida: a construção de uma máquina do tempo que traça com precisão o que foi visto no filme de ficção científica de 1960. 

The Shape of Things to Come tem a curadoria de Michele Manzolini e Paolo Simoni (Home Movies – Archivio Nazionale del Film di Famiglia of Bologna).

Os bilhetes para este filme-concerto custam 8€ e estão disponíveis na bilheteira do Coliseu Porto Ageas. Com o free pass do festival ou cartão de estudante custam 6€. 

A 10.ª edição do Family Film Project – Festival Internacional de Cinema de Arquivo, Memória e Etnografia acontece entre 12 e 16 de outubro no Passos Manuel, Cinema Trindade, Coliseu Porto Ageas e Maus Hábitos. O programa inclui uma homenagem ao realizador sueco Ruben Östlund, uma competição de filmes, sessões de cinema, masterclasses, conversas, uma conferência, oficinas para crianças e jovens e um ciclo de performances.