“Portugal ao Vivo” apresenta 40 espetáculos entre o Porto e Lisboa para apoiar a cultura

De forma a promover o reencontro entre público e artistas, duas das maiores produtoras nacionais juntam-se às câmaras municipais do Porto e de Lisboa para apresentarem 40 espetáculos simultâneos: 20 no Super Bock Arena - Pavilhão Rosa e 20 no Campo Pequeno. O primeiro a 31 de outubro (Xutos & Pontapés) e o último a 19 de dezembro (Mariza).

Com início a 31 de outubro e final a 19 de dezembro, o “Santa Casa – Portugal ao Vivo” vai apresentar um total de 40 espetáculos dos mais variados artistas nacionais entre as cidades do Porto e de Lisboa: 20 no Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota e 20 no Campo Pequeno. O objetivo é contribuir para a retoma e o incentivo à cultura em Portugal.

“20 20 Cultura para todos” é o nome da iniciativa que será produzida em conjunto pela Everything is New e a PEV Entertainment, em parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, a Câmara Municipal de Lisboa, EGEAC e Câmara Municipal do Porto, através da empresa municipal Ágora – Cultura e Desporto.

Além da coincidência entre o ano 2020, o nome deve-se também ao facto de serem 20 espetáculos produzidos em simultâneo em cada uma das duas cidades. Acresce ainda o apelo à inevitabilidade de voltar a trazer a cultura ao dia a dia dos portugueses.

Na verdade, este ciclo de espetáculos justifica-se, sobretudo, pela vontade de promover o reencontro entre o público e artistas, numa altura em que o meio artístico e todas as atividades que gravitam em torno deste meio passam por momentos difíceis, sendo este o objetivo central do projeto.
Nesse contexto, o cartaz será 100 por cento português, prometendo trazer aos palcos do Super Bock Arena – Pavilhão Rosa e do Campo Pequeno o melhor da música e da comédia nacional.

Xutos & Pontapés, Mariza, Rui Veloso, Amor Electro, Aurea, Jorge Palma, Diogo Piçarra, Carminho, Dino Santiago, Mafalda Veiga, Paulo Gonzo, Camané e Mário Laginha, Plutonio, Richie Campbell, Fernando Rocha, Moonspell, Anjos e David Carreira são alguns dos artistas confirmados. Os bilhetes já estão disponíveis nos locais habituais e na Ticketline.

De modo a garantir a segurança de todos, cada espetáculo é pensado com base no cumprimento rigoroso das normas impostas pela Direção Geral de Saúde (DGS). O uso de máscaras é obrigatório, num espaço delimitado para o efeito, onde todos os lugares estarão identificados, cumprindo o distanciamento obrigatório entre os espectadores que não façam parte do mesmo agregado. De modo a evitar qualquer tipo de congestionamento entre pessoas, todas as entradas e saídas terão circuitos próprios com a devida sinalização.

Fonte | Agora Porto